Image Map

Resenha - Garotas de Vidro


Livro: Garotas de Vidro
Autora: Laurie Halse Anderson
Paginas: 269
Editora: Novo Conceito
Pontuação: ★★★★★ 



Garotas de Vidro é um livro de volume único muito emocionante e profundo (pelo menos eu achei bem profundo). Você se envolve com a personagem chorando por ela, torcendo pra que ela não “caia no precipício”, e você também acaba ficando intrigado quando ela abaixa a guarda e cai.


A capa é muito linda e bem gostosinha de passar a mão (adoro isso <3), têm 65 capítulos (no livro os capítulos são assim: [065.00]), e atrás também tem uma imagem: uma menina de olhos fechados, que também é muito bonito como a imagem da frente. As paginas são amareladas e com uma textura grossa (<3).

(paginas)

(capitulo)


O livro fala de uma adolescente chamada Lia que tem uma obsessão por magreza e cada vez que ela piora, ela fica confusa entre a realidade e a mentira. Ela acaba perdendo o controle quando recebe a noticia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de um motel. Mas o pior foi quando Cassie ligou para Lia 33 vezes pouco antes de morrer, e ela não atendeu.
Tudo começou com uma aposta entre amigas para ver quem fica mais magra, mas no final uma saiu perdendo o controle e extrapolou. Duas adolescentes reféns de seu próprio corpo. Lia tentou ser forte, mas a cada dia ela ficava pior, sua obsessão por magreza a transformou totalmente mesmo depois de Cassie morrer e a aposta dar por encerrada. Ela não conseguia força o vomito, mas conseguia parar de comer, só beber água e algumas bolachas por dia. Ela piorou ainda mais quando passou a ver fantasma de Cassie, sintoma por falta de comida, a atormentando dizendo que ela era uma fraca e não conseguia ser mais magra ainda, coisa que levava Lia a parar de comer provando ao fantasma que conseguia ir mais fundo ainda. Seu pai e sua madrasta tentam ajudá-la a todo custo, mas parece que Lia não quer melhorar... A cada dia ela está mais frágil e a cada dia tentam fazê-la parar de se destruir.



Garotas de Vidro trás uma história sobre distúrbios alimentares, autorrepugnância, e aborda de modo realista o que muitos adolescentes acabam passando quando não se dão bem com o espelho e com sigo mesmo. É uma história linda de uma garota que passa por problemas sérios e tenta superar, mas acaba caindo toda vez que se vê gorda.


O livro mostra como é difícil superar um vicio (ou por automutilação ou por transtornos alimentares) depois de tanto tempo praticando o ato. Mostra que muitos podem vencer seu medo, podem vencer o monstro que está dentro de você te fazendo odiar a si mesmo e por isso forçando-lhe a cometer atos ruins com si próprios.


(Não. Devo. Comer) :(

A leitura é meio complicada, confesso que quando comecei a ler me deu vontade de parar, não porque o livro é chato (porque ele não é), mas porque a narrativa é muito estranha e não é a que estou acostumado a ler. Mas lendo até o quinto, sexto capitulo você acaba se acostumando e acaba se envolvendo no livro, pegando o ritmo da leitura e entendendo melhor as coisas que se passa com Lia.
Eu amei muito o livro (entrou pra minha listinha de preferidos), mesmo com a dificuldade de ler no inicio ele é bem comovente e te abre os olhos. Recomendo totalmente o livro!



E uma coisa que eu achei lindo foi o Agradecimento da autora, pois ali ela conta como se inspirou a fazer esse livro e porque, e é muito bonito a declaração dela.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Image Map
©MY SECRET BOOKS 2015 ♥TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ♥ DESIGN E ILUSTRAÇÃO POR TALITA THOMAZ♥TECNOLOGIA DO BLOGGER.